Pesquise

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Hemocentro de Brasília/DF terá concurso com 105 vagas

Publicação do edital está prevista para ser feita no decorrer de 2015. Ofertas contemplarão as carreiras de técnico e analista e contarão com remunerações de até R$ 6.000





Embora ainda sem data de publicação do edital, continua em pauta a realização do concurso público para a Fundação Hemocentro de Brasília (FHB/DF), autorizado pelo então governador Agnelo Queiroz, em 27 de junho de 2014. De acordo com responsáveis pelo setor de administração de pessoal da fundação, a expectativa é de que a seleção ocorra o quanto antes, em decorrência da grande necessidade de servidores.

Os preparativos ainda dependem da distribuição das vagas pelas áreas de atuação dos respectivos cargos e contratação da organizadora, que fica sob a responsabilidade da Secretaria Estadual de Administração Pública (Seap/DF).
A seleção será para o preenchimento de 105 vagas, sendo 32 para o cargo de técnico de atividades do hemocentro e 73 para analista de atividades do hemocentro, além de formar cadastro reserva de pessoal para as duas carreiras.   
Para concorrer a técnico é necessário possuir ensino médio, com exigência de formação técnica, dependendo da área de atividade, e para analista, nível superior em áreas específicas. As remunerações iniciais para o técnico são de R$ 3.360, em jornada de 30 horas semanais e R$ 4.480 para 40 horas. No caso de analistas, os iniciais são de R$ 5.070 para 30 horas e R$ 6.760 para jornada de 40 horas.

Reajustes salariais

De acordo com a lei 5.187, de 25 de setembro de 2013, que reestrutura a tabela de vencimentos da carreira de atividades do Hemocentro, os servidores dos cargos contarão com melhorias salariais  programadas para ocorrer a partir de 1º de setembro de 2015.
No caso dos técnicos, a partir de 1º de setembro de 2015, os salários serão de R$ 3.705 para 30 horas e R$ 4.940 para 40.
A carreira conta com 4 classes (terceira, segunda, primeira e especial), com 5 padrões de vencimentos cada. No final de carreira, no padrão V da classe especial, os técnicos recebem, R$ 4.366,44 para 30 horas e R$ 5.821,92 para 40 e a partir de 1º de setembro de 2015, R$ 4.867,21 para 30 horas e R$ 6.489,62 para 40 horas.
No caso dos analistas, a partir de 1º de setembro de 2015 serão de R$ 5.820 para 30 horas e R$ 7.760 para 40.
A carreira de analista segue o mesmo padrão dos técnicos, com 4 classes (terceira, segunda, primeira e especial), com 5 padrões cada. Para os analistas veteranos, a remuneração atual é de R$ 6.806,12 para 30 e R$ 9.074,82 para 40 horas. A partir de 1º de setembro de 2015, passarão a receber R$ 7.645,66 para 30 e R$ 10.194,22 para 40 horas.

Gratificações

Além de melhorias salariais, a lei 5.187 também cria a gratificação por habilitação em atividades do Hemocentro (GHAH). No caso dos técnicos serão considerados diplomas de graduação e certificados de especialização,  mestrado e doutorado e para os analistas, diploma de segunda graduação e certificados de especialização, mestrado e doutorado.
Atualmente, o benefício corresponde a 11% do salário para graduação (em caso de cargo de ensino médio) , 8% para segunda graduação, 15% para especialização ,25% para mestrado e 30% para doutorado. A partir de 1º de setembro, o benefício aumentará para 13% para graduação, 9% para segunda graduação, 20% para especialização, 30% para mestrado e 35% para doutorado. Finalmente, a partir de 1º de setembro de 2015, 15% para graduação, 10% para segunda graduação, 25% para especialização, 35% para mestrado e 40% para doutorado.